As artes marciais mistas (MMA) são artes marciais que incluem tanto golpes de luta em pé quanto técnicas de luta no chão. As artes marciais mistas podem ser praticadas como o esporte de contato em uma maneira regular ou em um torneio em que dois concorrentes tentam derrotar um ao outro. Usam uma escala grande de técnicas permitidas de artes marciais, como golpes utilizando os punhos, pés, cotovelos, joelhos, além de técnicas de imobilização, como lances e alavancas.

Capoeira

É uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular, dança e música. Desenvolvida no Brasil por descendentes de escravos africanos, as aulas são ministradas por capoeiristas com graduações elevadas. Existem vários métodos de ensino, contendo: aquecimento, treino de golpes, quedas e movimentos, treinamentos em dupla na roda de capoeira com cantos e instrumentos, usando toda a ginga do brasileiro.

Jiu Jitsu

É uma arte marcial japonesa, que utiliza como principais técnicas golpes de alavancas, torções e pressões para derrubar e dominar um oponente. Basicamente, no jiu jitsu usa-se a força (própria e, quando possível, do próprio adversário) em alavancas, o que possibilita que um lutador, mesmo sendo menor que o oponente, consiga vencer. No chão, com as técnicas de estrangulamento e pressão sobre articulações, é possível submeter o adversário fazendo-o desistir da luta.

Caratê

É uma arte marcial japonesa desenvolvida a partir da arte marcial indígena de Okinawa sob influência da arte da guerra chinesa, das lutas tradicionais japonesas e das disciplinas guerreiras japonesas.Faz bem ao coração, fortalece ossos e músculos, cria resistência, desenvolve coordenação motora e visual, e torna o organismo menos suscetível à ferimentos e doença. Mentalmente, o Karatê ajuda a desenvolver paciência, disciplina, perseverança e compreensão, bem como a concentração e foco.

Muay Thai

Luta de origem tailandesa, mais conhecida como a luta dos oito bicos (punhos, cotovelos, joelhos e tornozelos). Onde se aprende a lutar e fazer sua própria defesa pessoal, trabalhando o corpo e a mente.

Taekwondo

O objetivo geral é trabalhar inteligências múltiplas com ênfase em desenvolvimento motor, desenvolvimento cognitivo, controle psicológico e a sociabilização, ou seja, das dez inteligências estudadas por Gardner, o Taekwondo trabalha ao extremo 50% delas (Espacial-Visual, Interpessoal, Intrapessoal, Cinestésico-Corporal e Espiritual).

Dentro das aulas de Taekwondo o encontram-se benefícios físicos para todas as exigências dos alunos dentro da faixa etária de 4 a 60 anos. As aulas são procuradas muitas vezes por pessoas que desejam perder peso, fortalecimento muscular, condicionamento anaeróbio e aeróbio, melhorar coordenação motora específica e multimembros. E não é apenas isso, o praticante de Taekwondo trabalha seu sistema motor-perceptivo, seu tempo de reação, seu equilíbrio e controle postural.

Em relação ao desenvolvimento cognitivo, o aprendizado de habilidades motoras é um processo ativo que está inter-relacionado diretamente com ele, trabalhando sistema nervoso central. Nele melhora-se o raciocínio, inteligência, visão, memória, autoconceito, autoestima, autoconfiança, autoimagem, ou seja, trabalha-se o eu, fazendo com que este haja com uma maior interação com o meio. Em uma visão geral, desenvolve-se a consciência corporal.

Ao falar de controle psicológico, o intuito é dizer que ao praticar o Taekwondo, exercita-se e controla-se mais a concentração, a raiva, os desejos. E ao trabalhar o psíquico, age-se diretamente com a índole e a dignidade do ser humano.