Coordenador: Daniel Arão - CREF 054226-G/SP


As artes marciais são práticas físicas e mentais com o objetivo de desenvolvimento de seus praticantes para que possam defender-se atacando, ou submeter o adversário mediante diversas técnicas, além de expressar um ideal de vida.

Além de serem utilizadas para treinamento militar, policial e de defesa pessoal, também são praticadas como modalidades de cunho esportivo, onde o objetivo principal são as competições (esportivo-competitivas).

Existem diversos estilos, sistemas e escolas de artes marciais. O que diferencia as artes marciais da mera violência física (briga de rua) é a organização de suas técnicas em um sistema coerente de combate, desenvolvimento físico, mental e espiritual.

Para aqueles que desejam se aperfeiçoar nas técnicas das artes marciais de cunho esportivo, nós oferecemos:

 

Capoeira

De origem brasileira do século XVI, é uma expressão cultural nacional que mistura arte marcial, esporte, cultura popular, dança e música. Desenvolvida no Brasil por descendentes de escravos africanos, as aulas são ministradas por capoeiristas com graduações elevadas.

A capoeira, além de ser um exercício que desenvolve a coordenação motora, melhora o aumento da frequência cardíaca, o desenvolvimento muscular, a queima de gordura, assim como a flexibilidade e a resistência física.

Usando o gingando brasileiro, a rotina de aula apresenta: aquecimento, treino de golpes, quedas e movimentos, treinamentos em dupla na roda de capoeira com cantos e instrumentos.

 

Jiu Jitsu

Ju - traduzido do japonês, significa suavidade, brandura, flexibilidade.
Jutsu – traduzido do japonês, significa arte, técnica.

É uma arte marcial japonesa que aproveita a energia e força de seu próprio corpo e, muitas vezes do próprio oponente, para ganhar a luta, mesmo que seu adversário seja maior que você. A característica fundamental é a necessidade de domínio e equilíbrio do corpo.

São utilizadas técnicas, como golpes de alavancas, torções e pressões, para derrubar e dominar um oponente. No chão, com as técnicas de estrangulamento e pressão sobre articulações, é possível submeter o adversário fazendo-o desistir da luta.

Um dos benefícios do Jiu Jitsu é o desenvolvimento da defesa pessoal, principalmente por usar mais técnica do que força. O esporte ajuda a diminuir o estresse, definir o corpo e perder peso, melhorar os reflexos, além de trabalhar melhor a respiração.

 

Karatê

É uma arte marcial japonesa desenvolvida a partir da arte marcial indígena de Okinawa (Japão), sob influência da arte da guerra chinesa, das lutas tradicionais japonesas e das disciplinas guerreiras japonesas.

Nas lutas, os caratecas só podem usar as armas de combates naturais, ou seja, o próprio corpo (mãos, braços, pés, pernas, entre outros), incluindo os bons reflexos de visão e a inteligência.

É importante frisar que, antes de receberem o treinamento físico, os praticantes do karatê precisam estar comprometidos com o lema do esporte, que reúne cinco princípios:
• Esforçar-se para a formação do caráter;
• Fidelidade para com o verdadeiro caminho da razão;
• Criar o intuito do esforço;
• Respeito acima de tudo;
• Conter o espírito de agressão.

O objetivo principal é fazer com que o carateca esteja sempre em busca do fortalecimento e da valorização de seu caráter.

O Karatê faz bem ao coração, fortalece ossos e músculos, cria resistência, desenvolve coordenação motora e visual, e torna o organismo menos suscetível à ferimentos e doença. Mentalmente, ajuda a desenvolver paciência, disciplina, perseverança e compreensão, bem como a concentração e foco.

 

Muay Thai

Luta de origem tailandesa, mais conhecida como a “luta das oito armas”, pois são usadas oito partes do corpo nos golpes: dois punhos, cotovelos, joelhos e tornozelos. Dessa forma, o uso de equipamentos de proteção são fundamentais para garantir a integridade física dos alunos.

Nesta modalidade, aprende-se a lutar e fazer sua própria defesa pessoal, trabalhando o corpo e a mente.

O muay thai exige disciplina e postura, trabalha autocontrole, melhora o condicionamento físico, aprimora o reflexo e a concentração e promove ganho de massa muscular, além de proporcionar o emagrecimento.

 

Taekwondo

Taekwondo significa “caminho dos pés e mãos através da mente”. Foi trazido ao Brasil nos anos 70 e se tornou um esporte olímpico em 1988.

Seu objetivo é, através do treinamento, possibilitar ao praticante adquirir corpo e mentes fortes e saudáveis, respeito, disciplina e humildade. Nas lutas, são válidos golpes de braço (socos) e de pernas (chutes), e não é permitido agarrar o adversário. Atualmente, são utilizados equipamentos de proteção.

Dentro das aulas de Taekwondo, encontram-se benefícios físicos para todas as exigências dos alunos dentro da faixa etária de 4 a 60 anos. As aulas proporcionam a perda de peso, fortalecimento muscular, condicionamento anaeróbio e aeróbio, melhora na coordenação motora específica e multimembros, além de trabalhar o sistema motor-receptivo, tempo de reação, equilíbrio e controle postural.

A prática do esporte também ajuda no raciocínio, inteligência, visão, memória, autoconceito, autoestima, autoconfiança, autoimagem. Em uma visão geral, desenvolve-se a consciência corporal.

WHATSAPP